Um chamado à vida!

Somos humanos!

Vivemos!

Morreremos!

O que fazer com esse determinismo?

Viver os dias! Já que fatiamos o tempo em segundos, minutos, horas, dias, anos, décadas, séculos, milênios etc… Vivamos cada instante!

Talvez seja interessante pensar na imortalidade, não do físico, mas da alma.

Tudo é transitório.

O que é definitivo, então?

Você e sua essência: a consciência.

Essa sempre estará presente, em qualquer época, em qualquer tempo.

Tudo o que fazemos fica registrado?

Onde?

Quais são nossas memórias? Nossos vínculos?

Isso é importante?

São nossas memórias que orientam a nossa percepção do mundo. São nossas percepções do mundo que geram nossas memórias.

Memória e percepção!

Percepção e memória!

Vamos morrer! O físico tem um tempo determinado. Mas…

E nossas memórias?

E nossas percepções?

A resposta está na física quântica.

Ciência e filosofia.

Matéria e espírito.

Em que você crê?

Na matéria?

No espírito?

Em ambos?

Então, jamais você morrerá.

A consciência continuará ativa e vivente, seja em que plano for.

Apenas que essa compreensão acompanha um senso de responsabilidade diferente.

O que estamos fazendo para melhorar e educar nossa consciência?

Você ainda coloca sua vida na dependência de forças externas?

Quem controla a sua vida?

Seja responsável por ela!!

Faça o bem e seja o bem em sua vida.

Transforme-se! Mude seu estado mental. Sintonize novos potenciais. Traga o novo para sua vida!

Aproveite o convívio para exemplificar coerentemente aquilo que pensa e sente.

Somos seres espirituais em evolução.

Você acredita nisso?

Expanda sua consciência.

Você fica triste com a negatividade coletiva?

Eu entendo!

Cada um compreende aquilo que consegue compreender.

Cada um cria a sua realidade de acordo com suas memórias.

Tudo o que acontece em nossas vidas, absolutamente tudo, é o que é necessário para nossa evolução.

Liberdade de escolhas? Sim a temos.

Ainda não plenamente, mas temos.

Aproveite e faça boas escolhas.

Está fazendo ou fez más escolhas? Sem problemas, assim se constrói os sábios. Siga adiante.

Seja grato. A gratidão é o último estágio de agradecimento por ter recebido algo em sua vida!

Abraços fraternos

Dr Milton Moura.

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s